A Mag

roseliane-menina-09

O que é a Rosácea?

Sabia que 45 milhões de pessoas no mundo têm Rosácea mas 8 em 10 optam por ignorar?

A Rosácea é uma doença inflamatória crónica que se caracteriza por vermelhidão principalmente na zona central do rosto (nariz e maças do rosto). Os sinais e sintomas mais frequentes desta patologia podem ser passageiros (eritema temporário e sensação de calor) ou persistentes (eritrose e lesões inflamatórias como pápulas e pústulas) envolvendo processos inflamatórios e vasculares.

A Rosácea é uma patologia com elevada incidência em Fotótipos I e II, ou seja, pessoas com a pele, cabelo e olhos mais claros. A taxa de ocorrência é superior no sexo feminino porém mais severa quando no sexo masculino. Aparece normalmente entre os 25 e os 30 anos e tem um pico de severidade entre os 40 e os 50 anos de idade

Qual é a causa da Rosácea?
A causa da Rosácea ainda não está bem identificada. Sabe-se que existe uma alteração a nível da microcirculação, fragilidade da barreira cutânea e infeção pelo parasita Demodex ( em 30% dos casos).

Quais os principais fatores desencadeantes de uma crise de Rosácea?
Vários fatores podem provocar ruborização ou vermelhidão que desencadeiam a Rosácea. As pessoas com esta alteração cutânea devem evitar:
1. Temperaturas extremas, como frio ou calor
Exemplo: Na sauna ou banho com água quente.
2. Exposição solar intensa
3. Stress emocional
4. Bebidas alcoólicas
Mesmo pequenas quantidades de álcool podem induzir a dilatação dos vasos sanguíneos que origina uma ruborização intensa.
5. Alimentos condimentados
Os alimentos condimentados induzem a ruborização associada à sudação.
6. Bebidas quentes
A ingestão de bebidas quentes leva ao aumento da temperatura do sangue e consequente ruborização.

Dicas importantes na Rosácea...
1. Limpeza da pele
A higiene do rosto deve ser feita com cuidados específicos para a Rosácea, que confiram maior frescura e conforto.
2. Evitar cosméticos agressivos
Os cuidados cosméticos devem ser específicos para a Rosácea, ricos em ativos calmantes e suavizantes e que atuem nas alterações cutâneas existentes na Rosácea.
3. Utilizar protetor solar
Deve ser aplicado protetor solar diariamente com um SPF mínimo de 30 ou 50+.
4. Fazer a barba
Deve ser utilizada máquina de barbear em oposição às lâminas.
5. Alimentação
Devem-se evitar alimentos/bebidas vasodilatadoras como álcool, bebidas quentes e alimentos condimentados.
6. Cosméticos Corretores
Para cobrir a vermelhidão e os pequenos derrames, deve utilizar cosméticos corretores. Atualmente já existem cuidados que melhoram a Rosácea e simultaneamente disfarçam as imperfeições.

Como é feito o diagnóstico?
A Rosácea, em fase inicial, caracteriza-se por uma vermelhidão transitória ou persistente em que é possível ver-se pequenos derrames (telangiectasias). Se pensa que tem Rosácea, consulte o seu Dermatologista ou Farmacêutico para obter a ajuda necessária.